29 abril, 2012

Banda Rajar fala sobre o encontro com Demi Lovato

Matéria Por: Gazeta Online

Com três discos lançados, a banda Rajar pode não ser tão conhecida do público capixaba. Mas nos dias 19 e 22 de abril, em Belo Horizonte e no Rio de Janeiro, o grupo mostrou por que se sustenta há sete anos no cenário do pop/rock nacional. O que deveria ser apenas o aquecimento de um show maior, de Demi Lovato, tornou-se uma catarse coletiva ao som de hits como "Monstrinho" e "Dummer". 

"Foi a melhor coisa que nos aconteceu desde 2005, quando a banda nasceu no Estúdio Galpão, em Vitoria. No show, nós 'herdamos' um público que eu nunca tinha visto com tanta devoção a um artista. Nosso número de seguidores no Twitter praticamente se multiplicou por dez", comenta Ronaldo Rajar, vocalista e guitarrista da banda. 

Além da boa recepção do público da musa teen, a banda capixaba fez uma nova amiga antes das apresentações: a própria Demi Lovato. "Tivemos contato nos bastidores. Ela é humilde, simpática e muito linda, para quem tinha dúvida. Minha última frase para ela em Belo Horizonte foi: 'Stay strong, girl!' - quem é fã dela, sabe o porquê", diz o vocalista, referindo-se aos problemas da cantora com drogas e distúrbios alimentares.

O sucesso dos shows de abertura não é isolado. Dos três álbuns lançados, o Rajar gravou dois com o produtor Jack Endino, conhecido pelos trabalhos com Soundgarden, Bruce Dickinson, Nirvana, Titãs, Mudhoney, entre outros. "Boa Viagem", de 2009, e "Olha o Sol...", lançado no fim de 2011, levam o toque ácido de Seattle, reduto do movimento grunge, e mostram um Rajar mais encorpado. 

"A experiência foi sensacional. Ficamos na casa dele [Jack Endino] e lá têm coisas inacreditáveis, como a vela do velório do Kurt Cobain e o disco de ouro do Nirvana. Isso nos inspirou", conta Ronaldo.

O Rajar se formou em 2005, entre Vitória e Vila Velha. Logo no primeiro show, no Festival de Alegre de 2006, a banda foi eleita pelo público como melhor performance. Apesar do sucesso repentino, o grupo não encontrou muitas portas abertas em solo capixaba. "Em Vitória haviam poucos lugares para tocar. Tocávamos no Bliss Bar e na boate Com Vento. Mas a noite na capital para a banda era muito pobre, devido a não valorização da cultura local pelos contratantes", declara Ronaldo.

O reconhecimento veio em 2007, quando a banda emplacou a música "Vaidade" na trilha sonora de "Malhação", novela da Rede Globo. A partir de então, O Rajar teve seus dois videoclipes ("Vaidade" e "Volto Logo") na programação da MTV e do Multishow. Em 2010, duas músicas do grupo capixaba entraram na trilha do seriado juvenil "Beijo, me liga" e outras duas em "Bicicleta e Melancia", ambos do Multishow. A banda também já abriu shows do Eagle Eye Cherry e do Roxette.


Nenhum comentário:

Postar um comentário